Livro: Ressurreição – Machado de Assis

Ressurreição é o primeiro romance escrito por Machado de Assis na sua fase Romântica. Apesar de ser considerado um autor Realista, Machado teve influências da escola literária anterior, o Romantismo.

Félix é um médico que se se apaixona pela irmã de seu amigo Viana, Lívia. A moça já é viúva e passam a trocar olhares e confissões de amor. A princípio tudo é muito discreto, mas o casal passa por muitas reviravoltas e esses sentimentos vão se transformando em conflitos. Félix chega a pedir Lívia em casamento, mas volta atrás devido a uma carta que recebe que vai guiar o resto da história.

Onde comprar o livro: http://amzn.to/2z1UMtr

 

Anúncios

Livro: Iracema – José de Alencar

Iracema é uma obra de José de Alencar e pertence a fase indianista do Romantismo. O romance indianista, como o próprio nome sugere traz o indígena como o herói nacional. Devido a isso, em suas obras percebemos características como exaltação da natureza, regaste de lendas e costumes, entre outros.

Em Iracema não é diferente, temos uma mistura de vocabulários indígenas com uma linguagem mais pomposa (característica da época) o que para muitos é considerado de difícil leitura.

Nesta obra vamos conhecer a história de amor de Iracema, uma índia e Martim, um português, que apesar de serem de mundos diferentes vão se relacionar e a partir disso, conhecemos a lenda do Ceará. (José de Alencar era cearense)

Onde comprar o livro: AMAZON

Livro: Ofício de escrever – Frei Betto

Ofício de escrever é mais um livro do Frei Betto e referência para os amantes da escrita. Frei Betto estudou jornalismo, antropologia, filosofia e teologia. É frade dominicano, escritor e cronista. Atou como assessor especial da Presidência da República e coordenador de Mobilização Social do Programa Fome Zero, durante os anos de 2003 e 2004. É assessor de movimentos sociais e educador popular.

“Machado de Assis ensina que as palavras têm sexo, amam-se umas às outras, casam-se. O casamento delas é o que se chama estilo.”

Neste livro, o autor aborda sobre o ato de escrever, o porquê de se escrever, o papel do escritor, a criação literária, a arte da palavra sempre fazendo ligações com grandes autores e obras. Passando ainda pela importância das feiras de livros e afins na construção de um cidadão leitor.

“Crianças que escutam histórias desde cedo enriquecem seu vocabulário e desenvolvem a capacidade de compreensão e aprendizado. Pesquisas comprovam que o hábito da leitura em casa possibilita melhor aproveitamento escolar.”

Onde comprar o livro: AMAZON