Livro: O morro dos ventos uivantes – Emily Brontë

IMG_20150414_144407370

Não é novidade para ninguém que ultimamente tenho acompanhado vários blogs e canais literários com o intuito de conhecer novos livros e os que mais gosto procuro buscar depois para lê-lo.

O Morro dos Ventos Uivantes, foi uma indicação do Ju, do blog Nuvem Literária. Ela já mencionou diversas vezes que esse é o livro da vida, que leu no começo da graduação e mudou a percepção dela sobre os clássicos. Diante desse relato, me aguçou muito a curiosidade e achei esse livro lá na biblioteca do SESC, onde tenho cadastro.

Esse livro é um clássico da literatura inglesa, e foi escrito por Emily Brontë (uma das irmãs Brontë) no século XIX, mais precisamente em 1847. Em breve farei um post mais detalhado sobre as três irmâs escritoras. Infelizmente, foi o único romance da Emily, que morreu precocemente aos 30 anos.

RESENHA: 

O livro conta história da família Earnshaw que mora no Morro dos Ventos Uivantes, onde o patriarca da família após uma viagem volta trazendo consigo uma criança. Ele diz que o encontrou nas ruas todo sujo e resolve levá-lo para casa. Logo de cara, o filho mais velho desse senhor, Hindley, não gosta dessa criança que passa a ter os mesmos direitos dos demais filhos. Apenas, Catherine se afeiçoa com o menino, que passa a ser chamado, Heathcliff.

Quando o Sr. Earnshaw morre, Hindley que é o filho mais velho assume o lugar do pai, e trata logo de botar Heathcliff em seu devido lugar, junto com os demais empregados. Catherine cresce com Heathcliff e dentro dos dois começa a crescer um amor um pelo outro. Mas vendo que não teria futuro com Heathcliff, Catherine vai contra seus próprios sentimentos e acaba se casando com o Edgar Linton, vizinho deles e que era de uma família nobre.

Heathcliff ao se deparar com essa situação, vai embora do Morro dos Ventos Uivantes. Passam-se anos, e ele retorna. Só que dessa vez, ele volta muito mais rico e poderoso, prometendo se vingar de todos daquela família, menos de Catherine. Ao vê-lo de volta, a moça, assim como todos ficam admirados com o sujeito bem apeçoado que ele se tornou. E Catherine passa a ficar muito confusa e pertubada com seus sentimentos.

IMG_20150414_144519423

Não irei contar tudo para não estragar a surpresa, mas só para vocês terem noção, Heathcliff volta e ocupa a casa do Morro dos Ventos Uivantes. Sim, a mesma que todos moravam quando mais novos, e como Hindley está mergulhado em dívidas e alcoólatra, ele assume como dono, e coloca Hindley para ser um dos empregados junto com seu filho Hareton (sim, a essa altura Hindley teve um filho com sua falecida esposa, e ele ainda era criança).

Ah, acho que vou parar por aqui senão vou dar muito spoiler! Como um livro é capaz de despertar tantas emoções na gente como esse?! Vale falar que o livro não foi bem aceito na época em que foi escrito, pois era considerado imoral. Por isso, as irmãs Brontë assinavam suas obras com pseudônimos, para se preservarem. Tanto é que quando descobriram que O Morro dos Ventos Uivantes foi escrito por uma mulher, chocou muita gente.

O que me admirou muito nessa história foi essa trama perfeita escrita por Emily Brontë, ainda tão nova. Aliás, apesar de ser escrito no século XIX, vemos como é tão atual sua escrita. Claro, que aprendi muitas palavras novas como taciturno e ralhar, entre outras. Estou muito curiosa para ler obras das demais irmãs.

Ficha Técnica:

Editora: BestBolso
ISBN: 9788577992027
Gênero: Literatura inglesa
Páginas: 406
Ano: 2010

 

Anúncios

6 comentários sobre “Livro: O morro dos ventos uivantes – Emily Brontë

  1. Oi, Renata.
    Essa obra é uma das minhas preferidas e a que mais me leva de volta aos meus tempos de adolescência e de graduação, onde li toda a história em inglês. E a trilha sonora da Kate Bush realmente é uma belíssima interpretação, o que torna o livro ainda mais “windy”.
    Boa sorte com a leitura.
    Beijos.

    Curtir

  2. Oi, Renata.
    Eu achei um blog dentro de um grupo no Facebook que pode ser interessante e acho que você vai gostar. Tem tudo a ver com nós.
    Não sei se você já conhece. São esses:
    letraspartilhadas.com.br (blog literário).
    O grupo ao qual se me refiro é este:
    https://www.facebook.com/groups/249095875217823/ (acervo de arquivos sobre Letras, Literaturas, Linguística e afins).
    Ah, e se quiser me adicionar no Face, fique à vontade.
    Beijos e um ótimo final de semana.

    Curtir

  3. Pingback: Resenha: Helena – Machado de Assis | Mergulhando em Letras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s